• Lucas Amadeu Gomes

A Teoria da Janela Quebrada e a Organização Empresarial

Atualizado: 11 de Set de 2020


Em 1969, na Universidade de Stanford, EUA, o professor de psicologia Phillip Zimbardo realizou uma experiência sobre psicologia social baseada em observação comportamental das pessoas em relação às condições do ambiente que as cerca.

As cidades de Nova York e Califórnia foram escolhidas para o experimento. Foram deixados dois carros idênticos, estacionados em bairros bem distintos de cada cidade: Bronx, em Nova York, considerado um local pobre e com altos índices de criminalidade; e o Palo Alto, na Califórnia, uma área rica e segura.

Os veículos tiveram desfechos diferentes: O que foi deixado no Bronx, em algumas horas, havia sido vandalizado: rodas, rádio, motor e espelhos furtados, já o da Califórnia manteve-se intacto por uma semana. Nesse momento, para demonstrar que a psicologia humana tem relações diretas com as condições ambientais, os pesquisadores quebraram um dos vidros da janela do carro estacionado em Palo Alto. O que ocorreu a seguir foi o mesmo ocorrido no Bronx: o veículo foi vandalizado e teve suas peças furtadas.

Com o experimento, foi desenvolvida, pelos pesquisadores James Q. Wilson e George Kelling, a Teoria da Janela Quebrada. Ela consiste na ideia central de que qualquer ambiente que tenha uma desordem aparente, a tendência humana é gerar o caos. Em outras palavras, um local sujo, desorganizado, mal cuidado, sem ordem ou gerenciamento gera ainda mais sujeira, desorganização, desordem etc.

Trazendo essa analogia ao ambiente corporativo fica claro um dos desafios de gestores e colaboradores: assumir um papel de verdadeiros “donos” da empresa. Ao fazê-lo, todos se comprometem em manter um ambiente saudável de trabalho, cientes de que pequenas ações podem causar um grande impacto negativo em todo sistema. O efeito não é observado apenas diante de um ambiente descuidado, mas também em setores dentro de uma empresa onde seus gestores não sabem delegar tarefas, não investem em comunicação, não se preocupam com o bem-estar dos colaboradores, entre outras atitudes esperadas de líderes.

Portanto, a pergunta que todo líder deve fazer é: Em minha empresa/equipe, há alguma janela quebrada que deve ser reparada?


Confira outros conteúdos no nosso blog!

#empresa #liderança #Gestão #gestãoempresarial #gestor

150 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Menu: 

Informações: 

Av. Dr. Ariberto Pereira da Cunha, 333 - Bloco 1 - Pedregulho, Guaratinguetá - SP, 12516-410

+55 (12) 3123-2249

© 2020 Jr. Eng Todos os direitos reservados