• Felipe Yuji Sakoda e Amanda Helena

Dificuldades na gestão financeira da sua empresa?

Atualizado: Mai 7


A gestão financeira é, sem dúvidas, uma das maiores responsabilidades de um empreendedor. Uma boa administração das finanças é vital para a sobrevivência do negócio e crucial para obter bons resultados e, consequentemente, lucros.

Exercer o controle financeiro da empresa não é uma tarefa simples, a maioria das microempresas no Brasil entra em falência até o quinto ano de existência, em decorrência, principalmente, de uma má gestão financeira.

Nesse contexto, ter um controle e planejamento financeiro da sua empresa é um grande diferencial no mercado competitivo do país. Uma correta administração financeira permite que se visualize a atual situação da empresa o que, por consequência, proporciona tomada de decisões mais precisas, seguras e conscientes.

Entretanto, é comum que os empreendedores sintam dificuldades em planejar, organizar e controlar suas finanças. Se essa é uma de suas dificuldades, separamos algumas etapas que podem ajudá-lo na execução de uma boa e segura gestão financeira.

1. Saiba precificar seu produto

Por mais óbvio que possa parecer, saber exatamente quais são seus gastos desde matéria prima, mão de obra, locomoção entre outras, são os principais influenciadores para o preço do seu produto.

2. Planeje receitas, gastos e investimentos necessários para o desenvolvimento do negócio

Um dos grandes motivos de fracassos das empresas, é a comodidade. O mundo atual está em constante renovação, então não planejar o futuro de seu negócio é um péssimo caminho. Saber organizar-se financeiramente, separando o capital necessário para as despesas e sempre, separando um capital extra para investimentos em sua empresa.

3. Gerenciamento do fluxo de caixa

Hoje em dia é muito comum vermos empresas lucrativas decretarem falência por problemas de fluxo de caixa. Esta é uma ferramenta que ajuda o empreendedor a enxergar as movimentações financeiras realizadas pela empresa ao longo do tempo, por meio de registros de todas as entradas e saídas de dinheiro da corporação. Desse modo, o uso de planilhas é uma ferramenta estratégica para garantir um bom gerenciamento das receitas e despesas da empresa, tendo em vista a facilidade de observação dos registros.

4. Estoque

Comprar muita matéria prima ao mesmo tempo, pode parecer interessante financeiramente falando, mas a verdade é, material parado em estoque é sinônimo de perda de dinheiro. Manter um estoque enxuto é o segredo para o sucesso.

5. Não misturar dinheiro pessoal e empresarial

A última dica, parece a mais besta. Mas na verdade, muitos pequenos empreendedores acabam não sabendo separar dinheiro pessoal do empresarial. Abra uma conta para seu negócio, separe uma parcela para a sua vida pessoal (salário), e a partir disso, é possível uma maior análise financeira do seu negócio.

Portanto, é notória a importância de uma boa gestão financeira para garantir o sucesso do seu negócio. Somente a partir da análise dos indicadores financeiros de uma empresa é possível fazer projeções cruciais para o progresso da empresa.

Assim sendo, é dever do gestor avaliar suas capacidades e buscar novos conhecimentos para enfrentar os desafios que lhe são impostos para que, assim, prospere e não se encaixe na grande parcela das empresas brasileiras, que acabam falindo antes do quinto ano de existência.


Quer saber mais sobre gestão financeira? Confira nossos artigos relacionados ou baixe o e-Book Gratuito!

#gestãoempresarial #diferencial #retornofinanceiro #controledegastos #inovar #separacontas

55 visualizações

Menu: 

Informações: 

Av. Dr. Ariberto Pereira da Cunha, 333 - Bloco 1 - Pedregulho, Guaratinguetá - SP, 12516-410

+55 (12) 3123-2249

© 2020 Jr. Eng Todos os direitos reservados