• Jr. Eng

KODAK: da inovação à falência



Independentemente do porte, tipo ou período em que se encontra uma empresa, é fato que o que a mantém no mercado é a sua capacidade de se reinventar e se adaptar às mudanças. É importante levarmos em conta que as tendências de mercado estão em constante evolução e, caso a empresa não consiga se adequar a elas, corre grande risco de ficar para trás, assim como ocorreu com a Kodak, antiga gigante no mercado de fotografias.


Fundada em 1888, a Eastman Kodak Company praticamente conseguiu dominar o mercado de fotografias por quase um século. Na década de 80 a companhia se destacou como líder mundial no ramo e forneceu os filmes e câmeras que produziram as primeiras imagens da Terra em satélites americanos. Na década de 70 a empresa possuía também um grande lucro advindo da impressão de fotos em cores. Além disso, vale destacar que a antiga gigante foi a responsável por criar a primeira câmera digital, em 1975. Entretanto, mesmo com toda essa propriedade adquirida, como foi possível que essa empresa fosse à falência?


A tamanha lucratividade e todo o reconhecimento no mercado que a empresa possuía não foram suficientes para manter seu progresso. A seguir estão apresentados os principais descuidos cometidos pela empresa:


Excesso de autoconfiança: Por se tratar de uma empresa líder mundial no seu setor, a empresa confiou demais no seu potencial e acreditou que nunca entraria em uma crise, desconsiderando seus concorrentes. Nesse contexto, permitiu a ascensão de gigantes japonesas como a Canon, Sony e Fuji, que posteriormente ultrapassaram a Kodak no mercado.


Priorizou o tradicional ao inovador: Como dito anteriormente, a Kodak foi quem criou a primeira câmera digital, em 1975, entretanto a empresa preferiu continuar a apostar no mercado de fotografia por filme e somente em 2003 parou de investir no negócio já defasado. Entretanto, era tarde demais, à essa altura, as empresas japonesas já dominavam o mercado.


Demorou para perceber o problema: Quando a empresa se deu conta do cenário em que estava inserida, já era tarde. Ela tinha de tudo para ser inovadora, porém, não se moveu rápido o suficiente para adentrar no mercado novo de câmeras digitais que estava se formando na década de 90.


Em suma, é notório a importância de qualquer empresa, independente do porte e do seu reconhecimento, estar sempre se adaptando ao mercado, visto que, um pequeno descuido pode mudar o rumo do seu negócio e encaminhar a sua empresa diretamente do sucesso à falência. Portanto, é extremamente necessário dedicar constantemente esforços para compreender o atual cenário mercadológico em que sua empresa está inserida e buscar sempre inovação e, principalmente, não hesitar em trocar o tradicional pelo inovador, para que, assim, não seja mais uma empresa "deixada para trás" e esquecida.


Dificuldades em inovar na sua empresa? A Jr. Eng possui em seu portfólio o serviço de Plano de Inovação, em que te ajudamos a encontrar as formas que você pode inovar, ajudando sua empresa a se guiar nessa grande era de mudanças com soluções que trarão grande impacto para seu negócio.

60 visualizações

Menu: 

Informações: 

Av. Dr. Ariberto Pereira da Cunha, 333 - Bloco 1 - Pedregulho, Guaratinguetá - SP, 12516-410

+55 (12) 3123-2249

© 2020 Jr. Eng Todos os direitos reservados