• Vinicius Alves Faria

Matriz de Custo x Benefício: Priorize seus problemas e aprenda a evitar gastos e otimizar seu tempo.

Está preocupado com o futuro de seu negócio e está buscando um método para priorizar quais problemas, diante de tantos, você irá direcionar o seu foco? Em meio à crise financeira pela qual estamos passando é normal surgir inúmeras adversidades, muitas vezes, pelas quais nem estamos esperando, muito menos preparados para resolver. São nesses momentos que ter um planejamento eficaz através da priorização dessas dificuldades é de extrema importância para obter resultados mais rápidos e eficazes, além de evitar gastos desnecessários. A seguir iremos abordar uma das diversas ferramentas para você incluir na sua estratégia:


Matriz de Custo X Benefício


Os primeiros relatos que temos desta ferramenta são de meados de 1800, desde então ela vem auxiliando milhões de empresas em sua organização. A matriz tem como foco mostrar os próximos passos a serem tomados expondo as prioridades do momento, evitando a tomada de decisão por influência política ou simplesmente opinião pessoal. Dentre as situações que ela pode ajudar está desde a dúvida em um investimento até qual projeto ou problema da empresa será investida maior atenção. O importante é que com este acessório é possível ter uma visão mais ampla e técnica e consequentemente tomar ações assertivas para seu negócio.


Como utilizar?


Para construí-la não há fórmula mágica, apenas será preciso adaptá-la para a realidade de sua empresa. É recomendado que os membros do empreendimento façam uma lista com tudo que precisa ser decidido, tal como projetos a serem realizados ou problemas a serem sanados, levando em conta justamente os dois aspectos base desta matriz, como veremos a seguir. De início, conecte todos os custos, temporais e financeiros, para que você tenha uma visão maximizada dos pontos negativos ao tentar alcançar suas metas. Do outro lado da balança coloque os benefícios que você atingirá ao realizar esses propósitos, sejam retorno de investimentos, otimização de processos ou até mesmo aumentar o alcance de sua marca. A partir desses dados, monte um gráfico colocando os objetivos que você listou em quadrantes específicos para torná-los mais visuais e intuitivos, da seguinte forma:

https://media.treasy.com.br/media/2018/04/matriz-custo-beneficio.jpg

Observando o modelo acima de Matriz Custo x Benefício, considere que:

  • Vermelho: ações indesejáveis (alto custo e piores benefícios);

  • Amarelo: opção intermediária de alto custo com bons benefícios;

  • Verde: opção intermediária de baixo custo e piores benefícios;

  • Azul: melhores opções, ou seja, projetos ou processos que trazem os melhores resultados e mais baixos custos.

Limitações


É importante ressaltar que assim como todas as ferramentas esta também possui um uso específico que pode ser dificultado em outras situações. Não seria ideal, por exemplo, utilizá-la para medir um projeto com gastos e ganhos variáveis, como fluxo de caixa, uma vez que sua quantificação seria complicada. Além disso, a determinação de benefícios para certas resoluções também pode custar certo esforço. Dito isso, apesar dos aspectos positivos que rondam a Matriz de custo X benefício, tal como sua utilização e sua importância ao trazer a tomada de decisões para um âmbito mais racional e analítico, é essencial ter uma estratégia diversificada garantindo a organização e planejamento por meio de resoluções mais produtivas e inteligentes para sua empresa.


Nos siga em nossas redes sociais e assine nossa Newsletter para se manter atualizado sobre esse e diversos outros temas que rondam o mudo corporativo, e em caso de dúvida nos envie uma mensagem através de nosso site ou WhatsApp (12) 3123-2249 para que possamos auxiliá-los nesta jornada.


82 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo